EXPERIÊNCIA TURÍSTICA – COMO MANTER A AUTENTICIDADE?

Não é novidade que o turismo em Portugal continua a crescer. Números recentes indicam que nunca tantos turistas visitaram o país como em 2016. Segundo dados do INE, a hotelaria nacional registou no ano passado 19 milhões de hóspedes, um acréscimo de 10% face a 2015. Este crescimento do turismo cria necessidades ao nível do planeamento urbano, de gestão de fluxos e trânsito, de reforço … Continue a ler EXPERIÊNCIA TURÍSTICA – COMO MANTER A AUTENTICIDADE?

DO SERVIÇO À EXPERIÊNCIA: COMPETITIVIDADE DAS ATRAÇÕES TURÍSTICAS

Os processos evolutivos, seguindo as tendências socioeconómicas da atualidade, demonstram cada vez mais que a Economia de Experiências substituirá gradualmente a Economia de Serviços. Nessa progressão, o valor económico estará centrado nas experiências e nas histórias, através de eventos memoráveis que alguém encena para cativar, entreter ou fascinar o cliente. A experiência distingue-se do serviço por representar a mais valia desejada pelo consumidor, contendo emoção, … Continue a ler DO SERVIÇO À EXPERIÊNCIA: COMPETITIVIDADE DAS ATRAÇÕES TURÍSTICAS

MAXIMIZAR O POTENCIAL DO TURISMO: IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DOS DESTINOS

A evolução do turismo deu origem ao conceito de destino turístico, como lugar da experiência do turista, de um sistema de oferta público e privado assente em atrações e atributos, integrados numa comunidade residente. O desenvolvimento internacional do turismo incrementou a competitividade entre os destinos e, nesta perspetiva, a gestão de destinos turísticos tornou-se uma questão de extrema importância, não só no que à qualidade … Continue a ler MAXIMIZAR O POTENCIAL DO TURISMO: IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DOS DESTINOS