4 PRODUTOS TURÍSTICOS QUE PORTUGAL DEVE COMUNICAR NO EXTERIOR

Portugal foi eleito o melhor destino turístico europeu pelo segundo ano consecutivo pelos World Travel Awards. Esta distinção foi atribuída pela primeira vez em 2017 e renovada agora em 2018, neste âmbito, pode-se afirmar que o turismo continua a ser um setor de extrema importância para a economia nacional. Posto isto é fundamental refletir em quais os principais produtos turísticos que Portugal deverá comunicar internacionalmente.

O IPDT, no âmbito do seu trabalho de investigação de tendências no setor do turismo – através do Barómetro do Turismo (BoT) – tem recolhido a opinião de um painel fixo de 177 especialistas (gestores, altos executivos governamentais, académicos de turismo e economia), sobre qual deverá ser o produto turístico central a comunicar internacionalmente por Portugal. Desta forma, apresentam-se de seguida, os quatro produtos turísticos mais valorizados pelos membros entre 2016 e 2018.

118_produto-turistico_a.jpg

1. City Breaks. Com 18% das respostas, foram apontados em 2016 como sendo o principal produto turístico que Portugal devia promover no estrangeiro. Em 2017 registou uma quebra ligeira, voltando a subir em 2018.

2. Sol e Mar. Teve valoração idêntica ao logo dos 3 anos analisados (entre 16% e 17%). Durante este período os destinos do norte de África, cuja oferta é centrada no sol e mar, foram recuperando mas, de acordo com o BoT, a estratégia de comunicação nacional manteve-se.

3. Touring. Em 2017 houve uma subida significativa do Touring cultural e paisagístico, em relação a 2016, tendo sido o produto mais pontuado, com 22% das respostas. O BoT considerou que o património cultural e a paisagem que Portugal possui são atribuídos únicos e de elevada diversidade. Foi também nesse ano que o Turismo de Portugal lançou a campanha “Can’t skip Us, Can’t Skip Portugal”, composta por quatro vídeos, com o objetivo de chegar a 20 países, tendo um custo de cerca de 10 milhões de euros. Esta campanha apresentou a autenticidade e singularidade da cultura nacionais.

4. Gastronomia e vinhos. Cresceu significativamente de 2017 para 2018, atingindo os 18%. Em 2016 registou 15% do total das respostas. De acordo com a opinião do painel, este é considerado um produto turístico único e diferenciador, a valorizar na estratégia de comunicação externa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s