A EUROVISÃO EM PORTUGAL E O TURISMO: QUE RELAÇÃO?

Os números são impressionantes. O Festival da Eurovisão traz inúmeros visitantes ao nosso país e tem uma projeção internacional como muito poucos eventos mundiais.

  • 200 MILHÕES ESPETADORES
  • 1600 JORNALISTAS
  • 500 BLOGGERS
  • 30 MIL VISITANTES EM LISBOA, DOS QUAIS 27 MIL ESTRANGEIROS
  • 20M€ DE INVESTIMENTO TOTAL
  • 1,3 M€ INVESTIDOS PELO T.P., IP PARA PROMOÇÃO
  • 25M€ DE RETORNO

Toda esta envolvente entre o Eurovisão 2018 e o setor do turismo conduz a alguns tópicos para reflexão:

1. UMA PROMOÇÃO SEGMENTADA

O Turismo de Portugal e o Turismo de Lisboa foram responsáveis pela realização dos 43 filmes promocionais, ou postcards, em todo o país, que são mostrados nas semifinais e final. Esta promoção foi executada com a preocupação de entregar uma mensagem ao público certo, associando os destinos a mercados com algum tipo de relação. A Finlândia ao Algarve, a Alemanha à Madeira e a Espanha aos Açores, por exemplo. Ainda assim, esta ação consiste na promoção de destinos com caraterísticas diferentes a um público de cerca de 200 milhões de pessoas.

Veja aqui os Postcards da Eurovisão 2018.

2. O IMPACTO

Os subsetores do turismo são os principais beneficiados com a realização da Eurovisão em Portugal. Os negócios da restauração, animação turística e transportes vão ter impactos significativos. No alojamento, e de acordo com José Manuel Esteves, secretário-geral da AHRESP, a procura aumentou cerca de 40% para esta altura. Devem ainda ser considerados os impactos indiretos e induzidos na economia, como no comércio e na cultura, por exemplo.

3. UM GRANDE EVENTO SEM INVESTIMENTO EM INFRAESTRUTURAS

Um dos fatores que valoriza a realização da Eurovisão em Portugal, em comparação com outros eventos de grande dimensão, é a ausência de investimento em infraestruturas. Eventos com a Expo 98 e o Euro 2004 trouxeram igualmente uma projeção significativa ao destino, mas obrigaram a um investimento elevado em infraestruturas.

Para ajudar a entender os benefícios da realização do Festival no nosso país será fundamental responder às seguintes questões:

  • Qual o real impacto económico para Portugal? E social? E cultural?
  • Que imagem vamos deixar?
  • Vamos despertar interesse em visitar outros locais? E em voltar?

A análise pós-evento será fundamental para avaliar o seu real impacto e para informar iniciativas que permitam explorar ainda mais esta oportunidade única.

Anúncios

2 pensamentos sobre “A EUROVISÃO EM PORTUGAL E O TURISMO: QUE RELAÇÃO?

  1. É pouco importante mas é uma questão de rigor: os 43 filmes promocionais não foram todos da responsabilidade do TdP. Na verdade, conforme acordado, 18 foram da responsabilidade do Turismo de Lisboa

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s