BITCOINS: 5 DICAS PARA AS SUAS PRÓXIMAS VIAGENS

As criptomoedas são, atualmente, um dos temas mais referidos nas notícias, redes sociais e até a nível político. A sua crescente importância, sobretudo após a valorização económica de 2017, fez com que o mundo olhasse para a moeda digital como um mecanismo a valorizar nas ações quotidianas.

De forma sumária, as criptomoedas são moedas digitais, não limitadas por fronteiras geográficas, que não dependem de intermediários, e que vêm o seu valor oscilar consoante o grau de procura. Embora seja um mecanismo que não é influenciado por estruturas governamentais, assume um nível de segurança elevado, garantido por um banco de dados distribuídos, denominado de Blockchain.

Não obstante já existir uma multiplicidade de moedas digitais, é a Bitcoin a que maior popularidade possui.

O turismo foi um dos primeiros setores a explorar as criptomoedas, existindo já várias empresas que aceitam esta forma de pagamento. Nesta perspetiva, apresentamos de seguida 5 exemplos de serviços que poderá pagar com Bitcoins, nas suas próximas viagens.

1. Reserva de viagens online

A multinacional Destinia – agência de viagens online – foi a primeira empresa do setor a aceitar pagamentos em Bitcoins, em 2013. Não apenas voos, ou hotéis, mas também pacotes de tudo incluído poderão ser adquiridos e pagos em Bitcoins, no website da empresa. O sucesso foi tal que mais empresas de reserva de viagens (TUI, Expedia, BTCTrip, Abitsky) já adotaram esta forma de pagamento.

2. Companhias aéreas e aeroportos

Embora as companhias aéreas mais utilizadas pelos portugueses não aceitem, ainda, o pagamento em Bitcoins, existem várias companhias internacionais que já utilizam este método. A Airbaltic, companhia letã, foi a primeira empresa do setor da aviação a comercializar voos pagos com a moeda digital. Recentemente, o aeroporto de Brisbane, na Austrália, assinou um acordo que permite aos passageiros efetuar pagamentos em criptomoedas nas lojas, bares e restaurantes do aeroporto, tornando-se, assim, o primeiro a permitir esta possibilidade.

3. Alojamento

Se optar por reservar o alojamento diretamente, saiba que também existem vários hotéis que aceitam Bitcoins. Roma, um dos principais destinos turísticos mundiais, possui 6 alojamentos que utilizam a criptomoeda.

4. Restaurantes

Indispensável em todas as viagens, a restauração também é um setor onde as moedas digitais já se instalaram. Em Madrid, por exemplo, existem 16 restaurantes que aceitam esta forma de pagamento, em Seul há 13 e em Nova Iorque 12. Por cá, se pretender jantar e pagar em Bitcoins poderá fazê-lo, pelo menos, em 2 restaurantes, o Paparrucha em Lisboa e o Restaurante Teimoso na Figueira da Foz.

5. Empresas de Experiências Turísticas

A Grande Barreira de Coral australiana, Património da Humanidade da UNESCO e considerada uma das 7 maravilhas naturais pela CNN, é umas das principais atrações turísticas do país. Se visitar este paraíso sempre foi um dos seus sonhos, saiba que poderá concretizá-lo através da empresa TravelbyBit que comercializa experiências únicas, tudo passível de ser pago com Bitcoins.

Se a utilização da moeda digital no quotidiano da sociedade e no turismo é um elemento que marcará o futuro é, ainda, difícil de prever. Contudo, são vários os indicadores de relevo que merecem um olhar atento por parte dos gestores de destinos, que permita atuar de forma pró-ativa na valorização e inovação dos locais, para maior satisfação do turista.

Anúncios

Um pensamento sobre “BITCOINS: 5 DICAS PARA AS SUAS PRÓXIMAS VIAGENS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s