AS 8 RESPOSTAS AOS DESAFIOS DE QUEM GERE UM HOTEL

As publicações anteriores do IPDT | WeTalkAbout refletiram sobre os desafios atuais mais frequentes da gestão hoteleira. Desta vez, o foco é atribuído às possíveis respostas e soluções para contornar ou minimizar os efeitos dos problemas encontrados nas unidades hoteleiras.

1. FOCAR NA SATISFAÇÃO DA EXPERIÊNCIA

Pode parecer um cliché, mas a verdade é que os hoteleiros devem garantir que o serviço, no mínimo, satisfaz as expetativas dos seus clientes. É sabido que o custo de aquisição de um cliente é superior ao da sua retenção e, por essa razão, os hotéis devem fidelizar os hóspedes para que estes regressem e os recomendem a familiares e amigos. A Lei de Pareto é um bom princípio a seguir: 80% das receitas (do negócio) devem vir de 20% dos inputs (dos atuais clientes). A restante fatia dos resultados já virá dos restantes inputs (dos consumidores no mercado).

2. MAXIMIZAR AS RECEITAS

As práticas de Revenue Management não são novas, mas continuam a ser fundamentais para a sustentabilidade do negócio hoteleiro. Os hotéis devem procurar a otimização das receitas, aumentando o preço quando preveem que a procura atinja ou supere a oferta, e diminuindo-o quando os níveis de procura são baixos. Todavia, esta solução leva a que algumas unidades hoteleiras baixem os níveis de serviço, o que não é desejável. O próximo ponto dará a continuação da resposta.

3. SEGMENTAR, SEGMENTAR E SEGMENTAR

Baixar preços na época baixa resolve o problema da reduzida procura apenas no curto-prazo. No longo, os hotéis devem procurar outras respostas: e a segmentação é uma delas. Vender o produto a segmentos de mercado que tendem a viajar mais na época baixa é uma excelente solução. Os seniores, por exemplo, são um dos segmentos que mais tende a viajar nas épocas baixas.

4. PROCURAR A DIFERENCIAÇÃO

Para fazer face à elevada concorrência no mercado hoteleiro, as unidades devem diferenciar-se. Para tal, devem encontrar os elementos que as distinguem e que nenhum outro hotel (ou que seja concorrente) tem – diminuindo o efeito de substituição. O ADN do hotel por vezes pode encontrar-se no contexto físico em que se enquadra (na natureza, na neve), no tipo de serviço prestado (premium, exclusivo), na localização/ acessibilidades (o mais próximo do atrativo X, o mais isolado) ou na sua história (palco de acontecimentos relevantes).

Destacamos 3 exemplos de hotéis diferenciadores:

  • No Man’s Fort, Solent, Portsmouth

O No Man’s Fort está localizado numa ilha privada exclusiva, no Solent, perto de Portsmouth, Inglaterra. O forte possui um farol, um bar de cabaré e uma área de laser tag. Aos hóspedes são oferecidas atividades como passeios de barco, desportos aquáticos e transporte num barco privado.

  • Hotel Costa Verde, Costa Rica (727 Fuselage Home)

Este hotel está localizado num penhasco da floresta costeira, perto do Parque Nacional Manuel António, na Costa Rica. É destinado a pessoas que procurem viagens de aventura, ecoturismo, pesca desportiva, surf ou a paz e a tranquilidade, nas lendárias praias de areia branca. A Costa Rica e a Costa Verde são ricas em diversidade ambiental, paisagens magníficas e atividades relaxantes.

  • The Library Hotel, New York, USA

O conceito do Hotel Library é inspirado no Sistema Decimal Dewey. Tem 10 pisos de quartos, cada um deles com uma das 10 categorias do Sistema Decimal Dewey. Cada um dos 60 quartos possui, exclusivamente, uma coleção de livros e arte que exploram um assunto diferente dentro da categoria à qual pertencem. Os hóspedes podem relaxar após as suas aventuras urbanas, usufruindo da exploração tranquila de mais de 6000 livros.


Descarregue o eBook para conhecer as restantes respostas aos desafios dos gestores hoteleiros (GRATUITO).
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s