3 ESTRATÉGIAS PARA RECEBER TURISTAS ESTRANGEIROS

Os turistas estrangeiros que chegam ao nosso país são os maiores responsáveis pelos números recorde que Portugal tem registado nos últimos anos.

De facto, se compararmos os oito primeiros meses de 2016 e 2017, verifica-se um crescimento homólogo de 11,7% no número de turistas estrangeiros. Entre janeiro e agosto deste ano, o país recebeu cerca de 8,6 milhões de turistas estrangeiros, segundo dados do Turismo de Portugal.077-2016-vs-2017

Já na região Norte, nos primeiros 8 meses do ano, há a registar um acréscimo de 11,4% comparativamente com 2016. Os números da área metropolitana de Lisboa também são animadores, apontando para um crescimento de 13,2% de hóspedes estrangeiros.

Em temos de hóspedes nacionais, verifica-se um crescimento inferior (apenas 4,1% de janeiro a agosto deste ano). Se particularizarmos a zona Norte e a área metropolitana de Lisboa, esse crescimento inferior também se reflete (quota no Norte passa de 52,3% em 2016 para 50,5% em 2017; quota na AM Lisboa passa de 30,4% em 2016 para 28,4% em 2017).

Aumento de turistas impulsiona aumento de emprego

De acordo com o barómetro da Organização Mundial do Turismo, o turismo nacional é o que mais cresce na Europa e isso reflete-se no emprego. Segundo dados do INE, no primeiro trimestre de 2017 estavam empregadas, em atividades turísticas, quase 305 mil pessoas, ou seja, mais 14,8% do que no mesmo período de 2016. Nos primeiros três meses de 2017, o setor representava 6,5% de todo o emprego em Portugal, um crescimento de 0,6 pontos percentuais em relação ao mesmo período de 2016.

Os números evidenciam o impacto do turismo na economia, mas é necessário que o aumento da procura se faça de forma sustentável, por forma a não colocar em risco o destino e as suas regiões, a médio e longo prazo.

Nesta perspetiva, Portugal tem de estar preparado para acolher turistas de diferentes nacionalidades em número cada vez maior, pelo que apresentamos de seguida três estratégias para receber visitantes estrangeiros.

1. Qualificação dos recursos humanos

Uma das principais questões relacionadas com as políticas em turismo prende-se com a educação e a formação profissional, aliada à preocupação na criação de infraestruturas para a qualificação e formação de recursos humanos; o desenvolvimento de formação especializada e o reforço do conhecimento. Desta forma, é essencial investir na qualificação dos recursos humanos para a competitividade de qualquer destino.

2. Disponibilização de várias formas de pagamento

Oferecer diferentes formas de pagamento, ajustadas à realidade dos turistas estrangeiros é valorizado pelos visitantes, facilitando processos e burocracias, beneficiando a comodidade e exclusividade.

3. Experiências com os locais

O objetivo é fazer com que os turistas possam viver e aprender coisas novas no destino, deixando cair as visitas mais “tradicionais”. A vivência com a cultura local, com a gastronomia e com as particularidades de cada destino são fatores importantes para que a experiência seja singular.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s