TOP 5 AÇÕES PARA MELHORAR A COMPETITIVIDADE DO TURISMO (5 DE 5)

Depois de termos identificado as quatro primeiras de cinco ações para melhorar a competitividade do turismo – Qualificação dos RH e diferenciação da oferta; Qualidade do serviço/produto, Reforço da comunicação e Promoção e Captação de novas rotas/acessibilidades – este artigo centra-se na Segurança, limpeza e recuperação urbana.

Recorde-se que as principais ações para melhorar a competitividade do turismo em Portugal, aqui elencadas, resultam da opinião do painel de especialistas do Barómetro do Turismo. Estas ações podem ser analisadas em detalhe na edição especial do Barómetro que integra o anuário Turismo’17.

SEGURANÇA E LIMPEZA

Com nove por cento de respostas, a segurança e a limpeza são apontadas como áreas de intervenção para melhorar a competitividade do setor do turismo em Portugal.

Existem vários fatores que ameaçam a segurança e a saúde de um viajante, tais como violência política (terrorismo, guerras, protestos), instabilidade social, criminalidade, doenças infeciosas, assistência e infraestrutura médica, entre outros.

Assim sendo, a segurança é, e vai ser sempre, um fator central do turismo e dos destinos. Qualquer acontecimento que possa comprometer a imagem de um destino seguro pode trazer efeitos nefastos e, nalguns casos, muito difíceis de reparar, acabando por ditar os destinos escolhidos na hora de viajar

Por sua vez, e não menos importante, a limpeza é um dos itens mais valorizados pelos turistas quando avaliam a satisfação com um destino turístico. Esse é, aliás, um dos principais problemas que afetam os maiores destinos turísticos mundiais, decorrente do aglomerado de visitantes.

Conscientes dessa realidade, é frequente os destinos promoverem ações de educação ambiental e consciencialização de residentes e turistas para a importância da conservação e preservação dos locais.

A questão do tratamento de resíduos sólidos é um problema e uma preocupação para as autoridades locais, o que tem levado à implementação de programas para melhorar a prevenção e gestão dos resíduos urbanos, bem como identificar e divulgar estratégias eco urbanas e reduzir impactos ambientais do turismo. Exemplo disso é o Urban Waste, que conta com projetos piloto em várias cidades europeias, entre as quais Lisboa e Ponta Delgada.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s