OS 6 C’S DA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA EM DESTINOS TURÍSTICOS (3 DE 3)

É possível implementar alguma estratégia sem nos comprometermos com a mesma? E se não a conseguirmos comunicar eficazmente? São estes os dois aspetos que serão abordados nesta última publicação. 5. COMPROMISSO É fulcral que o gestor do destino dê o exemplo e aponte a direção a seguir, mas, principalmente, deve-se empenhar de forma ativa na operacionalização da estratégia. Só desta forma se torna possível que … Continue a ler OS 6 C’S DA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA EM DESTINOS TURÍSTICOS (3 DE 3)

O PODER DA (BOA) IMAGEM

RELEVÂNCIA DO TURISMO Dada a sua relevância no contexto económico e social, o turismo é uma atividade que tem vindo a manifestar uma influência cada vez maior a nível mundial. Em vários estudos, notícias e desempenhos podemos confirmar a crescente importância da atividade turística nos mercados mundiais, através de números extraordinários de pessoas que se movem de um ponto para o outro do globo, avultadas … Continue a ler O PODER DA (BOA) IMAGEM

OS 6 C’S DA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA EM DESTINOS TURÍSTICOS (2 DE 3)

Verificada a importância de obter consenso entre todos os intervenientes na experiência turística e de apresentar a estratégia de forma clara, nesta publicação falamos da cultura e da calendarização enquanto determinantes do sucesso da implementação da estratégia em destinos turísticos. 3. CULTURA A responsabilidade da implementação de uma estratégia turística para um qualquer destino cabe a todos os agentes – profissionais do turismo e de … Continue a ler OS 6 C’S DA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA EM DESTINOS TURÍSTICOS (2 DE 3)

TURISMO GASTRONÓMICO: QUATRO ESTRATÉGIAS PARA PROMOVER O DESTINO ENQUANTO MARCA

É uma realidade cada vez mais presente na estratégia das empresas e destinos turísticos: a comida enquanto prazer da sociedade atual, a mesa como ponto de encontro social, a possibilidade de atrair clientes com maior gasto médio, a diferenciação. Segundo o estudo desenvolvido pelo IPDT, que identifica o perfil do turista que visita o Porto e Norte de Portugal em 2015, 90 por cento dos … Continue a ler TURISMO GASTRONÓMICO: QUATRO ESTRATÉGIAS PARA PROMOVER O DESTINO ENQUANTO MARCA

OS 6 C’S DA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA EM DESTINOS TURÍSTICOS (1 DE 3)

Depois de feito o diagnóstico da realidade num qualquer destino turístico é desenhada uma estratégia que se pretende coerente, ambiciosa mas realista. O sucesso do destino em muito recai na operacionalização das linhas estratégicas definidas. Todavia, quantos são os projetos turísticos que ficam na gaveta aguardando a implementação? O IPDT apresenta 6 fatores imprescindíveis na implementação da estratégia que contribuirão para o desenvolvimento de um … Continue a ler OS 6 C’S DA IMPLEMENTAÇÃO DE UMA ESTRATÉGIA EM DESTINOS TURÍSTICOS (1 DE 3)

SETE CARATERÍSTICAS DO TURISTA A SOLO QUE VISITA O PNP

A ideia de explorar o mundo sozinho pode ser intimidante para alguns mas a verdade é que o turismo a solo é cada vez mais popular. Além disso, o estereótipo do viajante a solo como um jovem de mochila às costas está ultrapassado. Viúvos, divorciados e até casados fazem hoje parte dos turistas que optam por conhecer o mundo sem companhia e viver uma experiência diferente. … Continue a ler SETE CARATERÍSTICAS DO TURISTA A SOLO QUE VISITA O PNP